"A semente é a Palavra de Deus e Cristo é o semeador" 10/07/2011

A Palavra de Deus é igual para todos, assim como a semente que o semeador joga na terra; a germinação e a frutificação dependem das condições do terreno, ou seja, de nossa disposição e colaboração.

Há um mistério no coração do homem: o mistério da generosidade divina e a liberdade humana. Podemos acolher ou menosprezar e, até, rejeitar a semente da Palavra de Deus

Jesus usou uma parábola que seus ouvintes entendiam bem. Eram agricultores: lavravam a terra, semeavam as sementes e colhiam! Hoje, a maioria dos que freqüentam a igreja pouco entendem de sementes e de semeadura! Por isso, é necessário um esforço maior para entender o significado da Palavra de Deus. Podemos dizer que a semente é a leitura da Palavra de Deus, e a frutificação é o comportamento das pessoas que leram ou escutaram a Palavra de Deus.

A Palavra de Deus tem o aval do próprio Deus: é semente de qualidade comprovada; mas as condições da terra dependem mais de nossa vontade de colaborar com ela. A Palavra de Deus ilumina o coração de uma pessoa, mesmo analfabeta; mas, pode ser ineficaz e cansativa num coração estufado de orgulho ou de palavras ocas de nossos Meios de Comunicação Social!

A vida humana conhece, certamente, o sofrimento, mas para um coração simples e repleto de fé, sobra muito espaço para a luz, a alegria e a esperança: “Penso que os sofrimentos do tempo presente não tem proporção com a glória que deverá revelar-se em nós” (Rm 8,18).

Frei Carlos Zagonel, ofmcap
(http://ministrosextraordinariospnsap.blogspot.com)

Nenhum comentário:

Postar um comentário