Dia do Padre - 04 agosto de 2016

 Não! Ele não é um funcionário do sagrado, alguém que é profissional em colocar ritos na missa, nos batizados e nas bênçãos. 

 

Ele foi chamado para ser Cristo vivo no meio do povo. É um outro Cristo. É carne de nossa carne, mas age na pessoa de Cristo. 

 

É filho de gente que conhecemos, mas foi chamado a viver uma trama de vida que se mistura e se confunde com a vida de Jesus. Está perto dos que lhe foram confiados.

 

Presta atenção na formação do coração dos discípulos. Cuida que os sacramentos, sinais da presença do Amado, sejam recebidos com plena consciência. 

 

Vive uma profunda intimidade com o Senhor. Rezando os salmos, lendo as Escrituras vai criando uma grande confiança e intimidade com o Senhor. 

 

Reúne, é o homem da reunião. 

 

Vai dando a sua vida pelos seus. 

Frei Almir Ribeiro Guimarães, ofm

Nenhum comentário:

Postar um comentário